Recentemente fiz uma entrevista com Antônio Milton que é Enfermeiro Gerontológico. O trabalho dele é cuidar da qualidade de vida dos idosos. Poucas vezes vi alguém tão apaixonado pela profissão e ele desbloqueou uma pergunta na minha cabeça durante esse período de Coronavírus; Por qual motivo só reparamos a rotina dos idosos agora?

Bate Papo com Romario Regis – Antônio Milton

Tem muita gente questionando os idosos nos mercados, transportes públicos e nas ruas como se eles nunca estivessem por lá antes. O esteriótipo de idoso é daquela pessoa vulnerável que só vai para a rua para fazer exame e visitar familiares. Estamos errados, os idosos sempre estiveram invisíveis na nossa rotina de juventude e de vida adulta.

Os idosos estão pelos bailes flashback, os idosos estão nas igrejas, os idosos estão na casa um dos outros fofocando, os idosos estão flertando pelo telefone residencial. Os idosos estão vivendo numa faixa diferente da nossa e talvez a gente não compreenda que viver para além dos nossos gostos também é viver uma vida boa de ser vivida.

Assim como os idosos não deveriam estar nos mercados e nas ruas por conta da quarentena, você também não deveria estar. Assim como eles fazem parte do grupo de risco, você faz parte do grupo que mais pode infectar pessoas. Assim como você pode não ter alguém para te ajudar, os idosos também podem não ter. A vida é dura, seja você jovem, adulto ou coroa.

O Portal do Envelhecimento me presenteou com uma matéria em 2017 chamada “A invisibilidade despercebida: Idoso é frágil, mas não é bibelô para ser esquecido na estante da vida“. Concordo. Idoso se diverte, conversa, namora, transa, estuda e se ele está circulando pela cidade é pelo fato de ter os mesmos direitos que você, inclusive pode errar como você.

Quando ver um idoso no mercado em situação de vulnerabilidade, pede para ele ir para casa e vá também. Os dois deveriam estar na quarentena.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: