‘Todo animal merece uma vida digna’, conheça o AAPA projeto que luta pela vida dos pets

Uma iniciativa que começou a ser idealizada há menos de um ano em São Gonçalo, continua hoje, salvando vidas. Este é o projeto Amigos Anônimos Protetores dos Animais (AAPA), uma ONG fundada em 15 de dezembro de 2018 que luta pelo bem estar físico e psicológico dos animais. Muito mais do que ajudar cuidadores e dar apoio para quem resgata os bichanos da rua, a organização promove palestras nas escolas da cidade sobre conscientização da causa animal.

Assuntos como cuidados, castração, compra e venda de animais, são abordados para o ensino médio. Já para o público infantil, o projeto promove em parceria com a Cia Teatral Sofá Laranja, uma peça que fala sobre abandono e maus tratos. Além disso, o espetáculo alerta sobre a nossa responsabilidade com o meio ambiente utilizando o princípio dos 3Rs da sustentabilidade – Reduzir, Reutilizar e Reciclar.

A iniciativa com a transformação do que chamamos de lixo é contínua e o projeto incentiva a reciclagem com garrafas pets, tampinhas, papéis, entre outros materiais reutilizáveis durante todo o ano, tendo dois coletores instalados na cidade, um na Uerj, no Paraíso e outro no Icebeu, na Zé Garoto, para quem desejar contribuir. 

Também com o intuito de arrecadar fundos para o projeto e continuar investindo em cuidados e proteção para os animais, a AAPA realizará no dia 23 de novembro, às 10h, um bazar no Centro Cultural Joaquim Lavoura.

A idealizadora do projeto, Eliane Silva, de 55 anos, conta uma das suas inspirações para iniciar com esse trabalho em São Gonçalo. 

“Todo animal merece uma vida digna. É muito bom ver uma cadelinha que resgatei na rua na minha casa, protegida das maldades e das covardias humanas. Ela é uma sobrevivente que foi amarrada em uma árvore e quando se soltou saiu desesperada para a rua e foi atropelada. Ficou esperando socorro por dois dias. Se eu não tivesse a atitude de ajuda-lá a história poderia ser diferente”.

No entanto, Eliane frisa que o projeto ainda não consegue realizar resgates de animais por falta de verba. O trabalho é para dar suporte a quem já acolhe pets abandonados e promover campanhas para os que não foram acolhidos consigam um lar. 

“Não temos sede, não fazemos resgate e acolhimentos, não temos estrutura para tal. Atuamos em São Gonçalo com a ajuda de nossos colaboradores. Infelizmente não temos nenhum apoio financeiro público ou privado. Nossos parceiros são voluntários e contamos com a ajuda do veterinário Marcos André da clínica Salvatori”.

O Centro Cultural Joaquim Lavoura fica na Avenida Presidente Kennedy, 721 – Centro, São Gonçalo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.