Empreendedorismo Romario Regis

O pouco que se aprende pode ser o suficiente que se ensina para alguém.

Não lembro exatamente como o conheci, mas fiquei encantado com a luta que ele tem por construir o seu projeto. Apesar dos problemas financeiros, apesar dos problemas de mobilidade e apesar de viver numa cidade hostil, Anderson Leonardo não desiste do Projeto Dança na Comunidade.

O projeto é algo básico. São aulas de dança ministradas por bailarinos em formação e apoiado por apaixonados pela dança. A localização que é complexa. Ele atua dentro da Favela da 40, no Boaçú, área difícil por conta da vulnerabilidade que aquela região possui.

Sempre digo que “São Gonçalo não é para amadores“, mas pra lutar por essa cidade, é preciso gostar dela e Anderson gosta. Anda a cidade inteira para reuniões, para oportunidades, corre atrás de apoios, briga com quem tiver que brigar para defender o seu e do seu jeito (as vezes afobado), criou um ambiente absolutamente criativo e inventivo através da dança.

Que o projeto Dança na Comunidade, que dá aula de dança para jovens que não tem condições financeiras para pagar uma academia, tenha uma vida incrível ao longo dos próximos anos e estimule outros jovens e personagens da cidade a compartilharem seus conhecimentos para outros. As vezes, o pouco que você tem é o suficiente pra alguém começar a mudar a própria vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s