Os campos gonçalenses estão virando condomínios. Em qual você jogava?

Quando era moleque, joguei bola em vários campos da cidade. Existia um circuito importante dos campos que gerava uma série de campeonatos, encontros e oportunidades para jovens que queriam trilhar o caminho profissional do futebol espalhados pelos bairros. Lembro que um dos papos da minha adolescência com meus amigos era que cada vez mais os … Continue lendo Os campos gonçalenses estão virando condomínios. Em qual você jogava?

Carlos morava no Anaia e Viviane no Porto da Pedra. Eles se amavam.

Era um encontro impossível. Desde a infância seus caminhos seriam separados pelos modos, comportamentos e formação de núcleo familiar. Suas histórias, separadas pela geografia da cidade não chegava perto das distinções naturais que tinham. Ele tinha riso frouxo, corria, pulava e vivia circulando a cidade em busca de marcar o território. Já ela não ligava … Continue lendo Carlos morava no Anaia e Viviane no Porto da Pedra. Eles se amavam.

Evelyn Dias, mercado da fotografia e impacto social.

Adicionei a Evelyn Dias no facebook no dia 30 de Setembro de 2016. Trocamos algumas ideias e descobrimos que tínhamos uma paixão em comum que era a fotografia. Eu, por amor. Ela, por amor e profissão. Trocamos fotos, conversamos sobre o mercado e desde então sempre vejo suas fotos e promoções aqui pela timeline. Evelyn … Continue lendo Evelyn Dias, mercado da fotografia e impacto social.

Passo pelo rodo, vejo o monumento e lembro de Panisset.

Essa construção comportamental pulverizada de cidade faz a gente tentar construir símbolos locais que no final das contas não conseguem representar bem o nosso jeito de ser. Brinquei ontem dizendo que a bandeira de São Gonçalo deveria ter uma bisnaga de maionese temperada para dar conta da nossa representação e muita gente acabou rindo disso … Continue lendo Passo pelo rodo, vejo o monumento e lembro de Panisset.

Se existe um símbolo gonçalense, esse símbolo é a maionese temperada.

Se rolasse uma refundação da cidade de São Gonçalo, nosso símbolo seria uma bisnaga de maionese temperada. Teríamos bisnagas verdes, amarelas, roxas com orégano e avermelhadas com pimenta. Já rodei muitos estados, mas a melhor maionese temperada do país deve ser a nossa. Espalhadas pelos centros gastronômicos das praças e dos bastidores da falta de … Continue lendo Se existe um símbolo gonçalense, esse símbolo é a maionese temperada.