Memória e Patrimônio

Aos poucos a saudade do Mendes Duarte vai ficando mais forte.

7h da manhã era a hora que começava mais uma aula enquanto eu morria de sono esperando um dos professores.

Desde que Alexandre faleceu, aquela escola se transformou num outro lugar, num lugar completamente distante das boas histórias que aquelas ardósias conheceram.

Passar no Mutuá, ver o Mendes Duarte, o Salgadão e as ruas paralelas me colocam uma lágrima na hora. Acho que todo mundo tem uma ligação especial com sua escola e comigo não é diferente. O que mais incomoda é que a morte de Alexandre, o diretor mais legal da história do mundo, fez com que o CEMD carregasse apenas os fantasmas dos bons tempos e se transformasse num lugar comum.

Estudar no Mendes Duarte era chegar na Escola e ter Bigode abrindo o portão deixando a gente correr rapidinho na padaria ou no salgadão na hora do Recreio sem que ninguém soubesse. Era ter Jonas com a camisa do Vieira Brum falando com aquela voz que só ele tinha. Era tempo de gritar para Pascoal trazer as figurinhas pra gente jogar bafo na hora do recreio. De torcer pra Eliane estar com bom humor pra atender a gente.

Aliais, falando em Recreio, quem nunca recebeu uma pizza com algum desenho de Zé ou com aquele macete que ele tinha de encher o italiano com ketchup e maionese pra gente?

Bons tempos que infelizmente não vão voltar. Ver alguém de lá me deixa feliz e ao mesmo tempo triste. É como se a gente no olhar reconhecesse os códigos da escola, mas depois a gente acaba lembrando que tudo é só memória.

E quanta memória boa! Quantos sorrisos!

Memória do degrau alto do bebedouro, memória da coordenação com Rose sempre sendo uma fofa na hora de dar esporro, memória de Cláudio Junior dando aulas épicas de história, memórias do falecido Chicão dando aula de matemática, memória do Sítio Beija-Flor que era o único passeio que a escola tinha (hahah), memórias da nossa quadra torta e por ai vai.

Nem estou tão velho, mas saudosismo também dói. As vezes quando estou triste e pra baixo, sempre acho que “Manoel” vai vir e me dar um abraço, perguntar o que houve e aconselhar. Bate aquela vontade de ver ele chegando perto com a cabeça e braços balançando e dizendo que “o sinal já tocou” ou perguntar “o que está acontecendo?”.

Quando estou fazendo algo que não consigo superar, bate aquela saudade de Sydney dando dica pra gente passar na recuperação de biologia enquanto a gente tenta ficar pedindo meio ponto. Bate saudade de Herivelto, Renata, Cristina, Kátia, Claudia, Manoelina, Soninha Ana Maria, Djalmir, Margareth, Claudia, Wagner, Fábio e tantos outros professores e profissionais passaram pela escola.

Bate saudade das olimpíadas.
Bate saudade das ovadas fora da escola.
Bate saudade de torcer pro time da escola
Bate saudade de participar do time da escola
Bate saudade de implicar com o Santa Mônica
Bate saudade de rivalizar com o Colégio Paraíso.
Bate saudade de comer aquele hamburguer sem gosto
Bate saudade de zoar Silvana pra ela não cair
Bate saudade de italiano com Grapete do Salgadão
Bate saudade do Hand Fest Dance
Bate saudade das ardósias
Bate saudade de ver os troféus
Bate saudade do short azul
Bate saudade do casaco que nunca tive
Bate saudade de ver as crianças do Mini CEMD
Bate saudade de jogar um passe com tampa de refri
Bate saudade da foto oficial da turma.
Bate saudade do medo de Iara
Bate saudade de cantar com tia Cristina ditando
Bate saudade da grosseria das meninas do 3º de 2005

e como bate saudade.

Um dia, quando eu não estiver mais pela terra, espero poder sentar do lado de Alexandre e dizer que se sei escrever, se passei para uma universidade, se hoje sou feliz com meu trabalho, é porque ele inventou um lugar que me fez feliz durante 12 anos.

Obrigado Mendes Duarte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s